18 de mar de 2010

Notícias de um blog

Imagem de http://www.weno.com.br/blog/

Triste notícia: reabriu a clínica da rua Dona Mariana

Não teria havido flagrante quando da batida policial. Como se não houvesse indícios. (O túnel de fuga deve ser um encanamento da NET.)
Alguns dos que agora me leem só encontraram este blog porque procuraram por aborto no Google. Outro indício.
Saia dessa, mas não pelo túnel, que ele não tem saída.
Vi um homem saindo de lá pela porta da frente, com um enorme saco preto na mão e a alma no chão.

O bingo da rua Dona Mariana continua funcionando a todo vapor

Com vizinhos assim, eu mesmo poderei ser preso por engano se não pagar arrego.

A ditadura do desejo prossegue no governo

Sendo o que há de mais volúvel, é de admirar tamanha permanência.
Tudo é questão de saber comprar o voto.

Alerta a Jason Bourne

Para ser católico faz falta ser catequizado pelo Olavo de Carvalho.
Seu curriculo o avaliza: pretenso assessor do Papa, censor do Vaticano II, modelo de caridade pastoral.

Lugar para (quase) todas as opções intelectuais

O relativismo pós-moderno nivela com desempenadeira todas as cabeças: Dawkins, Obama, Hilary, Silas Malafaia. A do Papa está a prêmio.

De #TGIF a #MusicOnMonday

A isto se chama weekend ou servilismo idiomático?
Contracultura é inverter: Thanks Gosh It’s Monday e Music on Friday. A atitude diante do trabalho transforma seu rendimento.

Buraco na Lagoa quebra cubo da bicicleta

Em vez de a Prefeitura do Rio ficar mudando a cor das lixeiras, garis, caminhões, uniformes escolares, placas, etc., para azul, a fim de apagar a memória abóbora do prefeito anterior, invista esse dinheiro nas ciclovias.
Quem paga o cubo da bicicleta que peguei emprestada?

Sérgio Cabral faz sucesso no teatro.

Assista à peça Não adianta chorar pelo petróleo derramado.

Uma ética Global para homens-massa

A neutralidade Global consiste em dedicar vários minutos do seu noticiário a um bloco policial ou sobre saúde, mas citar por apenas alguns segundos graves questões políticas nacionais.
Informar assim gera uma massa de pessoas sem opinião.
É preciso resgatar a cultura do debate em nosso país. Parece que, para o brasileiro, debate equivale a altercação! Seria bom aprender o velho estilo socrático ou o escolástico de disputa: antes de emitir minha opinião, reproduzo a sua com as minhas palavras e lhe pergunto se a expressei bem. Só então poderei lhe expor minha visão da questão, de forma racional e desapaixonada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...