Sobre mim

Leia a 100ª postagem.

O QUE FAÇO
“Somos o que fazemos para mudar o que fomos”
Sou arquiteto e urbanista do Escritório Técnico da UFRJ, onde trabalho com patrimônio. Sou Arqueólogo e Historiador: minha principal pesquisa pode ser vista em https://santarita.hypotheses.org/.
Já pensei em fazer Letras Clássicas e Filosofia, mas nem os caminhos da vida nem a universidade brasileira me facilitaram a escolha.
Na seara do espírito, alimento minha inquietação intelectual com os clássicos e interesso-me pela ampliação do conceito de racionalidade.

DO QUE GOSTO
Ecletismo justificável
“Filologia é o conhecimento do conhecido”, dizia August Boechkh (1785-1867). Sinto na alma vocação para filólogo. Afinal, colecionei selos, moedas, figurinhas, botões de futebol, revistas, jogos de tabuleiro, livros e, finalmente, palavras.
Talvez, por isso, este blogue careça de nicho. É um bricabraque, isto é, uma mescla de peças de épocas e proveniências diversas, numa coleção que tem em apreço o interesse de cada uma e não a homogeneidade do conjunto.
Com relação aos livros, tenho queda pelas epopeias. Quanto ao cinema, cult.

O QUE BUSCO
Trampolim para voos mais altos
Para além da filosofia, letras e artes, é mister elevar-se e, inclusive, dar um salto místico, a la Dante Alighieri quando alcançou o céu empíreo. Por isso, gosto muito de teologia.
A exegese bíblica sempre foi meu caminho, sem deixar de lado da patrística.
Procuro praticar a lectio — meditatio — oratio — contemplatio — consolatio — discretio — deliberatio — actio.

DONDE VIM
Rio (de outros) Janeiros
Sou carioca, apaixonado pela cidade da qual estivera afastado por alguns anos. Niterói foi minha “Damasco”, São Paulo meu “Exílio”. Esse distanciamento permite outra percepção, mais isenta e precisa, da dádiva e da alegria que é morar aqui.
Só um detalhe fundamental: sou flamenguista.

MINHAS REFERÊNCIAS
Razões da esperança
Sou filho da Igreja Católica, para usar a expressão de Santa Teresa. Nela aprendi tudo o que sei e nela encontrei os melhores amigos.
Descobri meu caminho espiritual no Opus Dei, cujo carisma é a união com Deus na vida ordinária. Tive a honra de assistir à canonização do nosso Fundador, São Josemaria Escrivá, em 2002.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...