18 de jul de 2011

Seis características do chefe ideal


Trabalho não é tortura legalizada, mas todo empregado pensa assim. Isto posto, se você seguir os passos abaixo, causará em todos uma grata surpresa:

1. Ouça. Não apenas recolha sons, mas grave as ideias no coração e demonstre que as acolheu, fazendo-lhes referência. Todos desejam ser valorizados, queridos, esperados, apreciados, aceitos, respeitados, reconhecidos, recordados, úteis.

2. Brinque. Um sorriso comunica mais que um dossiê. Protocole a alegria.

3. Externe os sentimentos. Compartilhamento de metas não estimula. Compartilhamento de ideias é coisa velha. Compartilhamento de sentimentos incendeia.

4. Seja correto, mas seja autêntico. Porque a verdadeira correção brota de um coração generoso, que não busca convencer mediante chantagens.

5. Peça opinião a todos. Assim sentir-se-ão à vontade para enunciar suas ideias a qualquer momento. Se do inimigo o conselho, por que desejar do amigo o silêncio?

6. Descubra os engajamentos existentes. Milagre é a irrupção do óbvio num mar de confusões. As pessoas não precisam de outro esquema, mas de permissão para pôr suas próprias cartas na mesa.

***

Diga aí: você faz da estrutura uma plataforma de lançamento ou uma camisa-de-força?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...