6 de out de 2009

Quatro opções

Richard Bastien escreve para http://www.mercatornet.com/. Gostei dos seus artigos, que podem ser vistos em http://bit.ly/2bQxn2.

Especialmente interessante é seu artigo Inevitable choices, no qual diz que há quatro linhas de pensamento mutuamente excludentes que devem ser escolhidas por qualquer intelectual. As quatro visões de mundo são representadas por Maomé, Descartes, Nietzsche e Ratzinger.

O fideísmo ou sola fide tem no Islã sua forma preeminente. Também ocorre entre judeus e cristãos quando caem no voluntarismo, biblicismo ou na idolatria da democracia, propostos como formas alternativas à inteligência para aceder à verdade.

O racionalismo ou sola ratio vem perdendo força, mas tem seus badalados profetas, como Christopher Hitchens e Richard Dawkins. Prossegue sendo propagado por cientistas e professores universitários.

O niilismo ou nec ratio nec fide é um relativismo moral e cultural. Impera no mundo das ciências sociais, comunicação, artes e humanidades. E o ceticismo e a descrença que o iluminismo liberal direcionou contra a religião tradicional volta-se agora contra os próprios fundamentos do liberalismo.

Fides et ratio
 é a visão católica. A fé cristã fez esta clara escolha: contra os deuses das religiões pagãs, o Deus dos filósofos. Em outras palavras: contra o mito e o costume. Em prol da verdade do ser.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...