20 de jan de 2010

Seis constatações sobre o espírito de serviço

I. E alegria
Há mais alegria no mercado de Olinda do que em toda Dinamarca, dizia Julián Marías.
A dinâmica do mal pode ocorrer onde tudo funciona: vide o Centro de Estudos sobre o Genocídio, na Dinamarca, onde é um inferno trabalhar.


II. E motivos
Devemos servir porque é eficaz (capitalismo)? NÃO!
Devemos servir porque somos submissos (islamismo)? NÃO!
Devemos servir por amor.


III. E Deus
Só Deus é capaz de servir, porque ele é dom, é amor.
Quando servimos, somos os lábios de Deus a dizer: eu te amo.
O serviço é o melhor testemunho cristão.


IV. E felicidade
A felicidade na Terra tem a estrutura da esperança, o que pode frustrar.
Lidar com a dor traz felicidade quando se conquista algo árduo que para outros é banal.


V. E suas facetas
Serviço oculto: ser coadjuvante.
Serviço desinteressado: amar sem possuir.
Serviço delicado: estar nos detalhes.


VI. E trabalho
Serviço é poder?
Ensinar é perder?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...