22 de jan de 2010

New Age: três princípios e quatro ofertas

A New Age parte de três princípios:

1. Resposta global em tempos de crise. O holismo não só supera as divisões indevidas, como também a diferença e a distinção reais. Suas implicações mais óbvias são o processo de transformação consciente e o desenvolvimento da ecologia. A primeira se vê obstaculizada por formas de pensamento mais antigas, às que se considera entrincheiradas no statu quo. Por outro lado, teve enorme êxito a generalização da ecologia e a ressacralização da Madre Terra ou Gaia. Pensa-se que o calor da Madre Terra, cuja divindade penetra toda a criação, cumula o vazio entre a criação e o Pai-Deus transcendente do judaísmo e do cristianismo. Descobre-se um panteísmo implícito.

2. Matriz essencial na teosofia, que pretendia iniciar as pessoas através de um itinerário espiritual de transformação nos mistérios do mundo, de Deus e do eu, interligados por uma série de correspondências, analogias e influências.

3. Sacralização da psicologia. O psicólogo americano William James definiu a religião como experiência, e ensinou que os homens podem converter-se em arquitetos de seu próprio destino. O psiquiatra suíço Carl Gustav Jung pôs de relevo o caráter transcendente da consciência e introduziu a idéia do inconsciente coletivo, uma espécie de depósito de símbolos e recordações compartilhados com pessoas de diversas épocas e culturas diferentes. O resultado é um corpus de teorias que permite falar de Deus quando na realidade se quer referir à própria psique e vice-versa. Um elemento central do pensamento jungiano é o culto ao sol, donde Deus é a energia vital (libido) do interior da pessoa. O Movimento do Potencial Humano desenvolveu nos anos 60 na Califórnia a psicologia transpessoal, um caminho contemplativo onde a ciência se encontra com a mística. A busca do “deus interior” e da realização do próprio potencial admitiu todo tipo de terapia: meditação, experiências parapsicológicas, uso de drogas alucinógenas.

Com isso, a New Age pretende oferecer:

1. Encantamento: estamos mergulhados no mundo angélico.

2. Harmonia e comprensão: boas vibrações. Os mestres e as terapias da New Age afirmam oferecer a chave para encontrar as correspondências entre todos os elementos do universo, de modo que se possa modular a tonalidade da vida e estar em harmonia absoluta com os demais e com o entorno. O sistema de correspondências foi claramente herdado do esoterismo tradicional, ainda que tenha um novo significado. Enquanto para a doutrina esotérica tradicional cada elemento natural possui em seu interior a vida divina, agora a natureza é um reflexo morto do mundo espiritual vivo.

3. Saúde: uma vida dourada.

4. Totalidade: uma viagem pelo mistérico. Saúde holística: acupuntura, biofeedback, quiroprática, kinesiologia, homeopatia, iridologia, massagem e vários tipos de «bodywork» (ergonomia, Feldenkrais, reflexologia, Rolfing, massagem de polaridade, tato terapêutico, etc.), meditação e visualização, terapias nutricionais, cura psíquica, tipos de medicina à base de ervas, cristalterapia, metalterapia, musicoterapia, cromoterapia, terapias de reencarnação, programas em doze passos e grupos de autoajuda.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...