17 de abr de 2008

Limbo e liberdade de pensamento

Entrei num blog sem querer. Assim como em muitos outros que criticavam a Igreja pelo fato de o Papa ter “abolido o limbo” quando há coisas muito mais importantes para mudar... Depois vêm as piadas: será que é retroativo às crianças anteriores ao documento?

Não resisti a não falar algo, já que ninguém fala nada.

Primeiro, o tal documento que “acaba com o limbo” não é do Papa. É da Comissão Teológica Internacional. Leia-o aqui em inglês.

O limbo era uma opinião teológica até então difundida, e a Comissão apresenta uma série de argumentos que dão mais peso à opinião contrária, que o Papa endossou.

Entre outras coisas, analisa o problema atual da enorme quantidade de crianças mortas em abortos provocados. Mas, acima de tudo, evidencia que nossa solidariedade “vital” com Cristo é maior que a nossa solidariedade “mortal” com Adão.

Nem abolição nem retroação. Só sadio confronto de opiniões LIVRES. Parece incrível, não é?

Por favor: sem simplismo nem anticatolicismo! Esses blogueiros metidos a teólogos esperavam que a Igreja abolisse os Dez Mandamentos…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...