12 de fev de 2012

Abrace o mundo quatro vezes

Para alcançar o mundo, e virá-lo de cabeça para baixo quando você chegar lá.

1. Seja mais semelhante ao mundo que você quer alcançar. O alcance nasce da identificação. Num mundo em que as pessoas têm tentáculos, seus braços devem ser fortes.

2. Personalize sua audiência. Fale a cada um individualmente, sem cópia oculta. Se você falar para si, suas palavras falarão para cada qual como se fosse só para ele. Não fale de si. Mas fale para como você é, para como você foi ou para como você quer ser. Quanto mais específico você for, mais universal será.

3. Deixe as pessoas abraçá-lo primeiro. Existem dois tipos de solidão: a que o isola e a que o abre. A primeira é orgulhosa, a segunda faz parte da via de mão dupla do diálogo. Reciprocidade é inimiga da arrogância, das cobranças, do autoritarismo.

4. Conquiste uma couraça de confiança. Não espere nada, saiba ouvir, transforme o silêncio em eloquência. Aqui é questão de tempo. Aguente, pois quem se cansa desiste.

O mundo parece grande e você pequeno. Mas o grande momento de virar o jogo está nas suas mãos.

Diga-me uma coisa: quando chegar lá, em que você mudará o mundo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...