5 de dez de 2011

Quatro formas de sorrir

Todos queremos ser bem-humorados. Às vezes, porém, na hora do aperto, um bico pode nascer debaixo do nariz.

Pensando nisso, que tal uma receita de bolo para tirar o sorriso da gaveta?

1. Considere as dificuldades alheias. É claro que o objetivo não é sentir-se melhor que ninguém, mas redimensionar nossas perrengues.

2. Espere, pois as dificuldades são como um túnel. Esperar é uma grande ciência e o tempo é um grande remédio. Tudo que é bom custa e leva tempo para chegar pelo correio da vida.

3. Transforme as contrariedades em sorrisos. Seria hipocrisia? Não mesmo! Além de que os outros nada têm a ver com nossos galhos, sorrir-lhes demonstra respeito e consideração.

4. Aceite como você é. Lembro-me de um velho no DETRAN reclamando com a garota que bateu a foto dele: — Mas ficou meio esquisita a foto, moça. Parece que o olho tá caído e tal… Então a menina lhe respondeu com toda a seriedade: — Mas o senhor é assim mesmo! Foi um horror. Às vezes, a verdade horroriza; mas dormimos com ela e somos felizes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...