27 de mar de 2011

Onfalópsicos sem peias


Os onfalópsicos estão à solta. Mais do que barrigas à mostra, isso quer dizer que a preguiça tem sido o álibi dos apáticos.

Os onfalópsicos eram membros de uma antiga seita quietista dos séculos XI e XII, cujos sectários se acreditavam iluminados e achavam que, contemplando e fixando o umbigo, podiam comunicar-se com a divindade e ver aquilo a que chamavam luz do Tabor.

O quietismo é uma forma de misticismo que sustenta poder a alma, conservando-se na mais total passividade de coração e de atitudes, atingir um estado contínuo de amor e de união com Deus.

Por esses tais de “onfalópsicos”, vê-se que o quietismo do século XVII — comum na Espanha, França e Itália de então —, fora uma tentação recorrente ao longo da história. Mesmo hoje, quem não se imagina ingenuamente justo e bom só porque experimenta um sentimento religioso que lhe faz cosquinhas, apesar de levar uma vida em flagrante contradição com o sentido da transcendência?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...