18 de jun de 2010

Rumor, humor, tumor

Discussões intermináveis sobre temas completamente irrelevantes. Nisto calham tantas das conversas com meus amigos, assim como este blog.

Triste sina do ser humano ou beco sem saída da exaustão intelectual? Falta de rigor dialético? Erística vazia?

Rumor, humor, tumor. Escuta-se um boato, afeta-se o ânimo, aumenta-se a história, eleva-se a voz. Assim nasce, cresce, alimenta-se, reproduz-se e morre um trending topic.

Você é capaz de aguentar gente que não gosta de você? Reconheça que não há escapatória. Isso lhe advirá naturalmente por causa da sua opinião formada, das suas ideias estabelecidas, do seu terreno conquistado.

Sabe qual é a sua segurança na areia movediça das discussões? A vulnerabilidade. Imperfeição agora é sinal de beleza. Reconheça que o interlocutor tem a razão, que cabe a ele decidir quanta atenção lhe dará.

A firmeza de convicções é humilde quando disposta a aprender, não impositiva. Demonstração de segurança só não causa rechaço quando manifesta sinceridade. Porque é falsa a segurança que procede da pretensa capacidade de controlar os acontecimentos mediante a inteligência ou, ainda pior, da pretensa capacidade de prevê-los.

Escrevi meras palavras ao vento.
Que o vento me traga suas respostas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...