7 de mai de 2010

Gente™, versão Beta


CiaCalma, Beth! de humor e Stand Up Comedy, de uns amigos de Porto Alegre (@CamilaSalvatti, @CarolMoralles e @DomIsidro) saiu com essa: existem pessoas como versões de programas: Trial, Demo e Freeware. Cada um serve pra uma coisa.

Sem entrar no mérito da exaustibilidade da lista, vale a pena — só porque é uma lista — tentar imaginar em que categoria nos enquadramos, assim como os nossos amigos.

As listas são úteis por várias razões: 1) Fáceis de ler. 2) Fáceis de escrever. 3) Engraçadas de escrever. 4) Fáceis de memorizar. 5) Eficientes para transmitir ideias. 6) Forçam a clarificar o pensamento. ET CÆTERA (se quiser o resto das 43 razões, deixe seu e-mail que lhe mando de graça).

Por exemplo, lista de oito perfis femininos:

1) Fútil: dá sinal verde, amarelo, vermelho, ora para este, ora para aquele e para o outro, e ao revés; mas não busca relacionamentos de forma sistemática: vai ao sabor dos sentimentos.
2) Oferecida: tenta minar a resistência de quem não cede às suas investidas, teoriza acerca da liberdade frente aos compromissos e assume sem pejo uma postura libertina.
3) Cicatrizada: tem ideias, é cordial, sensível, responsável, agradecida, reservada, mas se submete a coisas que não deveria.
4) Madurona: fala o que pensa, brinca de ser ousada mas reconhece os limites próprios e alheios.
5) Gata: sabe que é bonita, vale-se disso, faz charme de acanhada, é vaidosa, mas muitas vezes sente-se triste e vazia.
6) Mãezona: manifesta apreço, tem graça, é sossegada, gosta de ensinar.
7) Romântica: chora, alegra-se, é exigente, reclama, esperneia, desmonta, é curiosa.
8) Balanceada: aceita que a feminilidade difira da masculinidade, é dinâmica, atenciosa, brincalhona, estudiosa, batalhadora, cuida da aparência, lê nas entrelinhas, sabe esperar, respeita o ritmo do outro e até se considera burrinha.

Está vendo só como você ficou lendo tudo até à exaustão? Portanto, as listas são boas!

Feita a digressão, pensemos nos cinco tipos informáticos de pessoas:

1) Demo: pessoa pela metade. Bonita, mas burra; inteligente, mas muda; fotogênica, mas fedorenta. Seu objetivo é ser avaliada e sair-se bem. Parece satisfazer a todos, mas ninguém quer.
2) Trial: pessoa iogurte: tem prazo de validade. Legal como um sanduíche na bandeja da lanchonete que ficará rançoso dali a dez minutos. O prazo de validade estoura aos quinze minutos de conversa.
3) Shareware: pessoa travada. Até que é simpática, amiga, serviçal, divertida. Mas aí toca o celular, chega o namorado, chama o chefe, aparece a mãe. Para piorar, fica dando alertas: “ele vai chegar, vão ligar, estou atrasada!”. Solução? A solução é partir para a pirataria e quebrar a proteção.
4) Adware: pessoa interesseira e espertinha. Depois de um papo amigável, automaticamente mostra ou faz propaganda de algo. Amway, Tahitian Noni, Avon, etc.
5) Freeware: são as melhores!

Mas, cá entre nós, bom mesmo é quando vêm com atualização automática: gente que sempre evolui!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...