29 de nov de 2009

São Nicolau, me dá 100 paus!

Quando chegam as Festas Natalinas o bolso geme. No dia 6 de dezembro, memória de São Nicolau (nosso Papai Noel), deverá o Bom Velhinho pôr as barbas de molho, pois preciso de grana. São Nicolau, me dá 100 paus!

Mas por que toda essa sanha consumista justo no Natal de Cristo, que pobre nasceu e viveu? Não vou falar disso aqui, pois o tema é mais velho que o meu avô e já postei um texto de Curzio Malaparte a respeito.

Apenas quero cutucar um mau hábito que arraigou em muitas famílias: viver o calendário do comércio, atuar ao ritmo do consumo.

O comércio costuma se empetecar para o Natal no início de novembro. Só que é apenas agora que começa o Advento! Por outro lado, já vi árvores, luzes e guirlandas em um monte de casas e edifícios há três semanas. Provavelmente, tudo será retirado já no dia 26 de dezembro; afinal, ninguém aguenta ficar olhando para um pinheiro colorido durante dois meses.

Em minha casa seguimos um velho costume europeu: acender a Coroa do Advento em cada um dos quatro domingos que antecedem o Natal. A árvore só vem por volta do dia 18, festa de Nossa Senhora do Ó, e fica até a Epifania.

É óbvio que não há regras fixas sobre isso. Contudo, entre o calendário litúrgico e o comercial, prefiro o litúrgico. Assim como, entre aquele gordinho cheio de Coca-Cola do Polo Norte e São Nicolau, prefiro esse bispo asiático do século IV.

Deixe-me um presente de Natal:
faça um comentário a esta postagem!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...