13 de ago de 2009

Gênese do amor cortês


A poesia erótica de Guilherme IX, o mulherengo Duque da Aquitânia, contradizia diretamente os ideais místicos de Robert d'Arbrissel (1050-1117), o qual tinha levado muitas mulheres aristocráticas ao convento.

Além desta, a Idade Média também ofereceu ao amor cortês as seguintes fontes:

1) Deturpação da devoção à Virgem Maria nos círculos albigenses, que tendiam à adulação.

2) Platonismo medieval, carregado de sensualidade.

3) Influência moral dos cátaros, embora alguns trovadores os combatessem.

4) Poesia elegíaca latina clássica, especialmente o erotismo de Ovídio.

5) Poesia árabe, embora um tanto diversa.

Responda-me, curto, direto, e no ponto:
Você percebe que muito do que a gente projeta na figura da mulher não corresponde à sua natureza, mas aos condicionantes sociais?
Se você percebe isso, o que tem feito para não cair no engodo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...